Pergunte a si mesmo

Por causa da maneira de beber de alguém…

  • Eu tenho medo?
  • Fico preocupado(a) ou perco o sono?
  • Sinto-me inadequado(a), culpado(a) ou com pena de mim mesmo?
  • Tenho vergonha da minha situação?
  • Alguma vez fico embaraçado(a) pelo comportamento do alcoólico?
  • Peço desculpas pelo alcoólico ou assumo as suas responsabilidades?
  • Estou cansado(a), nervoso(a) ou deprimido(a)?
  • Às vezes fico com raiva ou frustrado(a)?
  • Muitas vezes sinto-me desesperado(a) e sozinho(a)?

Pergunte a si mesmo. Se a resposta a qualquer destas perguntas for “SIM“, o Al-Anon pode ajudá-lo(a). Aprenda mais participando de uma reunião confidencial na sua comunidade.

Reflexão

“A porta aberta para respostas benéficas é a comunicação baseada no amor. Tal comunicação depende da consciencialização e do respeito pelo bem estar mútuo e a boa vontade de aceitar no outro aquilo que possa não estar à altura dos nossos próprios patrões e expectativas.”

O dilema do casamento com um alcoólico


Clique aqui para saber qual é o grupo mais próximo de si